quinta-feira, 18 de outubro de 2012

'Um dia desses você vai ficar lembrando de nós dois
E não vai acender a luz do quarto quando o sol se for
Bem abraçada no lençol da cama vai chorar por nós
Pensando no escuro ter ouvido o som da minha voz
Vai acariciar seu próprio corpo e na imaginação
Fazer de conta que a sua agora é a minha mão
Mas eu não vou saber de nada do que você vai sentir
Sozinha no seu quarto de dormir













No cine-pensamento eu também tento reconstituir
As coisas que um dia você disse pra me seduzir
Enquanto na janela espero a chuva que não quer cair
O vento traz o riso seu que sempre me fazia rir
E o mundo vai dar voltas sobre voltas ao redor de si
Até toda memória dessa nossa história se extinguir
E você nunca vai saber de nada do que eu senti
Sozinho no meu quarto de dormi.'



- Quarto de Dormir / Marcelo Jeneci - 




4 comentários:

  1. Sopram ventos de melancolia
    Transparente é o cinza que a tua alma encerra

    A minha pobreza é a falta de um par de asas
    Encontrei um lugar de reinvenção das sombras
    Pensei virar as costas ao tempo e ao deslumbramento
    E aí houve estranhamente o amanhecer das minhas palavras

    E passei para te deixar


    Um mágico beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláaa!
      Muito lindo...amei sua marquinha por aqui.

      "A minha pobreza é a falta de um par de asas"

      Tudo Mágico!
      Beijo, beijo.

      Excluir
  2. Ola Mary sou joão batista do http://rottweilerumcaopanheiro.blogspot.com.br/ e venho pelo belo trabalho realizado em seu blog agracia´-la com o Prêmio Dardo 2012. Parabéns PELO BELO TRABALHO FEITO EM SEU BLOG. VOCÊ MERECE. Entre em meu blog http://rottweilerumcaopanheiro.blogspot.com.br/ e siga as instruções. Abraços e parabéns mais uma vez . Do seguidor e amigo Joao batista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada meu amigo!
      Super feliz pelo reconhecimento.
      Um grande abraço!

      Excluir