quinta-feira, 31 de maio de 2012


"Minha roupa está ensopada, não é água, 
nem choro, não é suor e nem foi chuva! 
É o sabor do meu corpo quando encontra o teu."



Do Blog: http://azulverdecha.blogspot.com.br/

Vale a pena conferir! Sensacional.


(...)Vontade de pedir silêncio. 
Porque não seria necessária mais nenhuma palavra 
um segundo antes ou depois de dizerem ao mesmo tempo:
Quero ficar com você.
Provaram um do outro no colo da manhã.
e viram que isso era bom.


Vídeo muito curto, mas com grande significado! Vale a pena conferir.

Somos feitos para a felicidade.
 Para a troca
 Para a paz.
 Para a bondade.
 Para facilitarmos a existência uns dos outros.
 Para a coragem e a alegria de simplesmente ser.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Amor palavra que liberta, já dizia o profeta!


- Marisa Monte - 


Você me chora dores de outro amor
se abre e acaba comigo.

- Cazuza - 



"Eu sinto que você é a pessoa 
mais parecida comigo 
que eu conheço,
só que do lado do avesso."


"Sem saudade de você
sem saudade de mim
o passado passou enfim."

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Uma vida DOCE minha Flor...

“Para fluir comigo, a vida pedia que eu soltasse o medo e me entregasse. 
Que dissesse sim. Que acreditasse nela. 
Eu não sabia como fazer, mas sentia, entre as contrações, 
que ela estava fazendo por mim, 
 através de cada experiência que eu atraía para o meu caminho. 
Naquele dia, grande, acordei com a sensação de que o tempo era outra coisa. 
De que a vida era outra coisa. E eu também.”


Feliz Aniversário amiga, TE AMO. 


Lani, do Blog http://todomeuencanto.blogspot.com.br/
“À propósito, te agradeço. 
Não por ter me magoado e ido embora como se nada tivesse acontecido. 
Mas por ter me ensinado a ser mais forte. E menos tola.




“Nenhum pensamento meu tem o poder de te machucar, nenhum mundo para onde eu vá tem o poder de te causar desespero. E eu preciso te sentir na minha ratoeira, eu preciso atirar nas suas asas que sobrevoam meu sossego. Você sempre me deixa, mesmo ficando colado comigo. Eu preciso sentir tormento alheio para desocupar o lugar da atormentada. Eu preciso ter a certeza que no seu ponto perdido no espaço ainda não mora outro rosto. (…) Eu queria não acordar e lembrar que ainda preciso conquistar você, porque você brinca de ser meu, mas mora do outro lado mundo. E eu não sou atleta e nem forte para correr tanto e tão longe, por isso gostaria de destruir tudo o que é seu do meu mapa. Eu tenho muita preguiça do seu olhar de “já sei o que é sofrer, agora posso viver sem medo porque descobri que eu não morro”. (…) Alguém aí pode admitir que essa merda de vida dá um medo filho da puta, e que ficar longe de tudo dói, e que ficar dentro de tudo dói, e que estar aqui, agora, dói pra cacete?”


quinta-feira, 24 de maio de 2012


“Ama-me menos, mas ama-me por mais tempo.”

                                                                                             Do filme: Les Chansons D' Amour



Feliz Aniversário pra mim!

"(...)Hoje eu escolhi passar o dia cantando
De hoje em diante
Eu juro felicidade a mim
Na saúde, na saúde, juventude, na velhice
Vou pelos caminhos brandos
A minha proposta é boa, eu sei
De hoje em diante tudo se descomplicará
Com um nariz de palhaço
Rirei de tudo que me fazia chorar
Cercada de bons amigos me protegerei
Numa mão bombons e sonhos
Na outra abraços e parabéns."

- Meu aniversário / Vanessa da Mata -


quarta-feira, 23 de maio de 2012


“E me deu o abraço que disparava corações em mim 
como se eu tivesse um em cada nó de veia.”


Calejar à dois...


'Meu amor, estamos sozinhos, só nos resta o depois.
Meu amor, estamos sozinhos, desperdiçando arrepios.
Ainda não aprendemos a amar.
Ainda não aprendemos nos dar.
Ainda não aprendemos a calejar à dois...'
- Luis Kiari e Caio Sóh -
Ps.: Música linda!
 
' Tudo que eu queria te dizer era tudo que eu não posso mais te dizer
ou tudo que eu queria ouvir mais vezes
muito tempo antes de chegarmos a esse ponto de partida
minha partida, tão adiada partida'


' Muitas vezes eu também já me perguntei se adianta a gente 
se empenhar para abrir o coração num tempo de tantos
 corações rigidamente trancados, em que o medo parece
 dar as cartas e descartar possibilidades de troca,
 espontaneidade e amor.' 


terça-feira, 22 de maio de 2012


E, assim, no teu corpo eu fui chuva
... jeito bom de se encontrar!
E, assim, no teu gosto eu fui chuva
... jeito bom de se deixar viver!

- Quando fui chuva /
 Interpretação de Thalita Pertuzzatti, que por sinal ficou lindíssima -
Você me dá contrações ventriculares prematuras!
 Você faz meu coração palpitar!


-Do filme: Sexo sem compromisso -